Na L.S.F Informática, você encontra manutenção preventiva e corretiva de computadores, vendas de produtos de limpeza (Vassouras, rodos, limpa teto, esfregão, cabos para vassouras, cloro em gel, detergente, água sanitária, desinfetante, sabão de coco, amaciante, sabão gel pastoso, veja, limpa alumínio, soda líquida, cera líquida, pano de chão, entre outras variedades) temos xerox, impressões, plastificações, recarga de celulares, vendas de acessórios para celulares e computadores, divulgação de publicidade volante, criação e vendas de sites e lojas virtuais e outras variedades.
BolsonaroEstudosSaúdeSuperinteressanteTimóteoVale do Aço - MG

Vacina japonesa contra dengue mostra eficácia de 80% em teste

Cerca de 20 mil crianças da América Latina e Ásia participaram do estudo; avaliação da segurança e da eficácia continuará por quatro anos e meio.

Uma candidata a vacina contra a dengue elaborada por um laboratório japonês mostrou uma eficácia geral de 80,2% durante um teste, de acordo com um estudo publicado pelo jornal The New England Journal of Medicine. Cerca de 20 mil crianças saudáveis de 4 a 16 anos da América Latina e da Ásia participaram de um estudo de fase III, que visa avaliar mais completamente a segurança e eficácia na prevenção de doenças e envolve mais voluntários.

Resultado de imagem para Vacina japonesa

A vacina TAK-003, do laboratório japonês Takeda, foi administrada aos participantes do estudo em Brasil, Colômbia, Panamá, República Dominicana, Nicarágua, Filipinas, Tailândia e Sri Lanka. Os participantes, que receberam o medicamento ou um placebo, foram submetidos a duas doses, com um período de três meses entre elas, e a vacina apresentou 80,2% de eficácia em 12 meses após a segunda. “Foi bem tolerada, em geral, sem risco significativo de segurança até agora”, disse a farmacêutica em um comunicado.

O estudo mostrou que a vacina candidata apresentou diferentes níveis de eficácia, dependendo do sorotipo: 73,7% para o DENV-1, 97,7% para o DENV-2 e 62,6% para o DENV-3. Para o DENV-4, “poucos casos” foram registrados a fim de provar plenamente a eficácia. A avaliação da segurança e da eficácia dos participantes continuará por um total de quatro anos e meio.

 
Um dos autores do estudo, Humberto Reynales, do Centro de Atendimento e Pesquisa Médica de Bogotá, disse que “os resultados desta primeira análise são muito encorajadores, indicando que a vacina pode potencialmente trazer importantes benefícios à saúde contra a dengue”.

“Será importante continuar a analisar os resultados do teste ao longo do tempo para avaliar a eficácia a longo prazo e a segurança da vacina. Se dados de acompanhamento mais longos confirmarem esta observação inicial, estamos vendo um avanço significativo na luta global contra a dengue”, comentou o especialista. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que 390 milhões de infecções por dengue ocorram a cada ano, das quais 96 milhões são clinicamente manifestadas.

Fonte: R7

‘‘Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.’’ Hebreus 1:1-2 (para entender, clique aqui, assista ao vídeo e se surpreenda).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar