BolsonaroCidadãoFinanceiroSegurançaSuperinteressanteTimóteoVale do Aço - MG

Falso empréstimo nas redes sociais

Liberação de crédito para pessoas negativadas pode ser golpe. A vítima é orientada a depositar um determinado valor em uma conta bancária a título de comissão ou taxa de crédito, por exemplo.

Com um aumento considerável no número de fintechs no mercado de crédito pessoal, cibercriminosos vem se aproveitando do nome dessas empresas para aplicar o famoso golpe do empréstimo falso no WhatsApp e nas redes sociais.

Entenda o golpe

O golpista anuncia em jornais, revistas, panfletos, sites, ou até mesmo telefona para as vítimas oferecendo empréstimos em condições vantajosas para pessoas (físicas ou jurídicas) com dificuldades econômicas e/ou restrições de crédito.

É solicitado à vítima que faça um depósito em determinada conta corrente a título de comissão, taxa de crédito, IOF ou seguro como condição para a liberação do empréstimo.

O dinheiro é sacado assim que entra na conta do golpista.

Resultado de imagem para emorestimo

​Desconfie sempre de situações muito favoráveis, como empréstimo com taxa de juros muito baixas, liberação de valores para pessoas negativadas ou dispensa de avalistas e garantias.

Pesquise a existência do banco/financeira no site do Banco Central e verifique se o mesmo possui site, bem como o endereço informado. Fique atento ao número de contas fornecidas para depósito e pergunte ao atendente quem é o beneficiário.

Esse golpe é super comum, e nós aqui do Juros Baixos recebemos diversos relatos TODOS OS DIAS sobre golpes de empréstimo falso. Ele sempre envolve o pagamento de taxa adiantada para liberar um empréstimo (que nunca será liberado, pois é fraude).

Como funciona o golpe?

Você pede um empréstimo, o fraudador diz que te aprovou, só que para liberar o dinheiro na sua conta ele pede que você deposite uma pequena quantia em uma conta.

E esse depósito tem vários nomes convincentes. Eles chamam de: taxa de cartório, garantia, fiador, avalista, taxa de abertura de crédito, depósito de segurança. TUDO MENTIRA.

Alguns desses nomes realmente existem em empréstimos confiáveis. Só que nunca, em hipótese alguma, deve ser solicitado um pagamento adiantado: isso não existe, é ilegal. As taxas/seguros e afins são sempre embutidos no custo total do empréstimo. A regra é clara: primeiro você recebe o dinheiro, depois começa a pagar. O inverso não existe.

Nesse meio de caminho, para parecer confiável, ele ainda te pede vários documentos, manda fichas cadastrais enormes com logos e brasões oficiais, marcas d’água… Mas é tudo mentira. Ele irá usar do sua necessidade para te extorquir.

Enfim: Nunca pague nenhuma taxa adiantada se alguém te prometer um empréstimo. Não existe coisa como pagar taxa de cartório ou seguro antecipado se você pedir um empréstimo. Se você for vítima de algum estelionatário desse tipo, denuncie.

Fonte
Jornal Contábil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios