Na L.S.F Informática, você encontra manutenção preventiva e corretiva de computadores, vendas de produtos de limpeza (Vassouras, rodos, limpa teto, esfregão, cabos para vassouras, cloro em gel, detergente, água sanitária, desinfetante, sabão de coco, amaciante, sabão gel pastoso, veja, limpa alumínio, soda líquida, cera líquida, pano de chão, entre outras variedades) temos xerox, impressões, plastificações, recarga de celulares, vendas de acessórios para celulares e computadores, divulgação de publicidade volante, criação e vendas de sites e lojas virtuais e outras variedades.
BolsonaroCidadãoSaúdeSuperinteressante

Paraná entra em estado de epidemia de dengue; número de mortes sobe para 30

Levantamento, divulgado nesta terça-feira (3), apontou 44.441 casos confirmados da doença; foram sete novas mortes registradas em uma semana.

O Paraná entrou em estado de epidemia de dengue, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgado nesta terça-feira (3). O número de mortes subiu de 23 para 30 em uma semana. Para se configurar uma epidemia de dengue, é necessário ter mais de 300 casos da doença por 100 mil habitantes. A incidência da doença no Paraná é de 336,21 por 100 mil habitantes, segundo o boletim.

Conforme a Sesa, no total, 106 municípios estão em epidemia, 15 a mais que na semana anterior. Em situação de alerta para a dengue estão 47 municípios, sendo que 14 entraram para a relação a partir desta terça-feira. De acordo com o levantamento, são 44.441 casos confirmados da doença. O boletim epidemiológico reúne dados coletados desde julho de 2019. Há um mês, o Paraná havia entrado em estado de alerta para epidemia de dengue.

 
Novas mortes – As sete novas mortes foram registradas em sete cidades, em pessoas com diferentes faixas etárias. Confira abaixo o perfil das vítimas:
Adolescente de 14 anos, de Marechal Cândido Rondon, portadora de doença autoimune;
✅ Homem de 33 anos, de Guaíra, sem outra doença associada;
✅ Mulher de 45 anos, de Medianeira, com obesidade e artrose;
✅ Mulher de 45 anos, de Alto Paraná, com hipertensão e lúpus;
✅ Mulher de 66 anos, de Barbosa Ferraz, com diabetes, hipertensão e doença cardíaca;
✅ Homem de 72 anos, de Maringá, com doença renal crônica;
✅ Homem de 95 anos, de Colorado, com hipertensão arterial.

Reforço na eliminação de criadouros – A ação efetiva da secretaria com os municípios de Nova Cantu, Quinta do Sol e Florestópolis diminuiu os índices de focos e infestação do mosquito da dengue. Conforme a Sesa, a remoção mecânica, em contramão à utilização de produtos químicos como o fumacê, vem demonstrando maior efetividade nos resultados. Em Nova Cantu a epidemia de dengue foi revertida. Desde o final de janeiro, nenhum caso da doença foi notificado pelo município, que chegou a 589 pessoas doentes – equivalente a 11% da população, segundo a secretaria.

A equipe iniciou a semana de atividades reconhecendo a estrutura da cidade e, na sequência, todos as residências e edificações foram vistoriadas, segundo a Sesa. Na ação, foram encontrados 12 poços com muitos mosquitos, potenciais criadouros do Aedes aegypti. Em Quinta do Sol e Florestópolis, após a realização do mesmo trabalho, os dados mostram a tendência de queda nos registros da doença. Em Quinta do Sol são menos de 80 casos e Florestópolis está com cerca de 50 casos em investigação. Há um mês, 145 casos estavam em investigação em Quinta do Sol e quase 200 em Florestópolis.

De acordo com a secretaria, durante esta semana, os técnicos estão em Barbosa Ferraz fazendo o arrastão pelo município. A Sesa informou que, também nesta semana, está fazendo a distribuição de unidades de larvicida pyriproxyfen – produto usado por agentes de vigilância na remoção de criadouros – para os municípios. A larvicida foi enviado pelo Ministério da Saúde e os municípios receberão de acordo com a necessidade apontada pelo registro de casos e atividades programadas.

Fonte: G1

“Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar.” Mateus 14:25 (clique aqui, assista o vídeo e se surpreenda).
Fonte
Marcio Antoniassi

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar