BolsonaroCidadãoMeio AmbienteMundoSuperinteressanteSustentabilidadeTimóteoVale do Aço - MG

A cada quatro dias, um gari é ferido pelo descarte incorreto de materiais

Em nosso último post, falamos sobre os “mitos e curiosidades envolvendo o processo de reciclagem” e hoje vamos mais adiante.

Com mais de 71 milhões de toneladas de resíduos coletadas por ano, o Brasil é um dos países que mais gera lixo na América Latina, e a rotina em sua cidade deve ser quase sempre a mesma. Em alguns dias da semana, um caminhão passa para recolher todo o seu lixo, mas esse trabalho esconde alguns riscos que poderíamos evitar.

Quando falamos que os coletores recolhem todo o lixo, isso realmente inclui tudo o que os cidadãos colocam dentro dos sacos plásticos, mas, sem que você saiba ou perceba, o seu lixo pode acabar machucando alguém.

Em Brasília, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) constatou que um gari é ferido a cada quatro dias por conta do descarte incorreto de materiais. Entre 2015 e 2017, foram registradas 283 ocorrências envolvendo esse tipo de acidente e em alguns casos os cortes podem acarretar no desenvolvimento de doenças por contaminação.

O descarte de materiais cortantes e perfurantes é a principal causa dos ferimentos. Copos quebrados, agulhas ou aquele espeto de churrasco do final de semana não são tão inofensivos quanto possam aparentar.

Por isso separamos algumas dicas para que seu lixo não machuque ninguém e nem você mesmo quando for colocá-lo para fora:

1- Cacos de vidro e espetos de churrasco podem ser colocados dentro de garrafas PET, caixas de papelão ou até caixas de leite.

2- Enrole materiais cortantes em jornais para evitar que eles cortem ou rasguem todo o seu saco de lixo.

3- Vire as tampas de metais como latas de milho, leite condensado, etc. para a parte de dentro.

4- Se possível, sinalize com bilhetes ou anotações os sacos onde estiverem descartados os materiais cortantes e perfurantes.

Fonte
Ci Eco BR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios