Aqui tem ofertas tops todos os dias!
BolsonaroCidadãoEsperançaFamíliasGovernoMoradiaPais&FilhosPessoasSociedadeSuperinteressanteVale do Aço - MG

Prefeitura de Ipatinga comemora redução de pessoas em situação de rua no município

Em janeiro tínhamos 205 pessoas em situação de rua. No mês de julho, o número é de 67 pessoas.

Em janeiro tínhamos 205 pessoas em situação de rua. No mês de julho, o número é de 67 pessoas. Isso é fruto de um trabalho de planejamento e estratégia, prevenção e conscientização realizado pelos técnicos com assistência especializada da nossa pasta”, comemora Jany Mara Bartolomeu, secretária municipal de Assistência Social – SMAS.

A Prefeitura de Ipatinga avalia como positiva a redução da quantidade de pessoas vivendo em situação de rua no município. De acordo com dados da SMAS

– Secretaria Municipal de Assistência Social, em janeiro deste ano o Centro Pop apontava o registro de 205 pessoas em situação de rua. Destes, 94 eram migrantes de outras cidades e 131 eram munícipes.

Segundo os levantamentos, neste período foram realizados pelos técnicos 869 atendimentos e 18 passagens foram concedidas para as pessoas que desejaram retornar para o convívio de suas famílias.

*Queda significativa*

Comparando os dados de janeiro a julho deste ano, deparamos com resultados surpreendentes. No último mês foi registrada a diminuição de 33% no número de pessoas vivendo em situação de rua, em Ipatinga.

CLICK AQUI E CONFIRA VAGAS DE EMPREGO NO VALE DO AÇO – MG

No mês de julho deste ano foram realizados 717 atendimentos, sendo que 49 eram migrantes e 77 eram munícipes. Conforme a SMAS foram concedidas 59 passagens de ônibus para pessoas que desejaram regresso ao lar.

Atualmente, os registros são de 67 pessoas cadastradas vivendo em situação de rua na cidade.

*O que ocasionou essa queda*?

A secretaria de Assistência Social atribui esta redução à atenção integral às pessoas em situação de rua e ao migrante em Ipatinga, além da ampliação do auxílio migrante para os demais municípios. Isto possibilitou ao migrante o retorno para a cidade onde possui vínculos familiares e/ou destinos onde há possibilidades de emprego.

Ipatinga permaneceu por algum tempo como sendo um município de destino, o que ocasionava a permanência de migrantes na cidade sem possibilidade de prosseguir viagem. Hoje, explica a Secretária, “temos uma resolução que nos dá condições de fornecer passagem para municípios com distâncias aproximadas de 150 km, conforme regulamentado pela legislação. Outro fator são os fóruns regionais que são realizados através do Centro Pop com a sociedade civil e suas respectivas lideranças, que têm como finalidade divulgar e esclarecer os serviços e competências de cada ator nesta política sócioassistencial”.

*Destino*

A SMAS explica que a maioria das pessoas que estão em situação de rua em Ipatinga são migrantes, ou seja, após a ampliação do auxílio migrante, a maioria retornou para sua cidade de origem ou deram continuidade ao seu trânsito migratório. Existem ainda relatos de pessoas que se organizaram com o Auxílio Brasil e alugaram casas para morar. Mesmo com estas decisões de aluguel de moradia, as famílias continuam sendo acompanhadas pelos serviços da SMAS.

*Rotina de abordagem, Ação Integrada e Orientações*

A equipe especializada em abordagem social realiza busca ativa, orienta, encaminha e oferta aos usuários os serviços disponíveis a pessoas em situação de rua no município, bem como busca refletir sobre a ocupação do espaço público, buscando garantir seus direitos e de toda a população.

As equipes da Sesuma (Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente) e Sescon (Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã) também atuam com trabalho de orientação e recolhimento daquilo que não é pertence dos usuários, dos detritos deixados em praças e vias públicas e bens inservíveis que o próprio usuário já separou para ser descartado, além de realizarem a limpeza em praças e calçadas.

*Serviços Ofertados*

O Centro Especializado para População em Situação de Rua, o Centro Pop, oferta três serviços: atenção à população em situação de rua com Assistente Social e Psicólogo, guarda de pertences, banho e tanque para lavagem de roupas.

O Serviço Especializado em Abordagem Social realiza busca ativa no município para identificação e mapeamento de vulnerabilidades e direcionando pessoas em situação de rua e migrantes aos serviços ofertados. E o Serviço de Atenção ao Migrante oferta passagem às pessoas e famílias que se encontram em trânsito no município.

Outro serviço ofertado no município é a Casa de Acolhimento Parusia, onde as pessoas em situação de rua e migrantes podem pernoitar e recebem atenção de equipe psicossocial e refeições.

“Temos também o Consultório na Rua, que possui uma equipe multiprofissional de saúde e atende esse público nas ruas de Ipatinga. Todos esses serviços atuam de forma articulada e intersetorial fazendo encaminhamentos na socioassistencial e de saúde”, detalha Jany Mara Bartolomeu.

Conforme explica a SMAS, diariamente técnicos ligados à secretaria saem às ruas levando orientações para estas pessoas, ofertando  acolhimento, orientações relacionadas à saúde mental e física, e também com relação aos perigos do uso de bebidas alcoólicas e drogas. Ofertam direcionamento aos Centros de Referência e suportes para o regresso ao lar.

“Muitos são migrantes que encontram acolhimento e ficam. Quando falamos de acolhimento, queremos dizer que se trata de um acolhimento com alta rotatividade, para aqueles que chegam sem referência, mas que, com algum suporte, conseguem trabalho e moradia ou regresso ao lar.

Temos nos deparado com famílias inteiras, inclusive com crianças, vivendo em situação de rua, e agimos em cima destas causas, respeitando os direitos deles e zelando pelo bem-estar físico e moral de todos”, acrescenta a Secretária.

O número pode variar devido ao fluxo migratório em nosso município.

Leia o artigo anterior: Pastores louvam ao ganhar bicicletas, unico transporte para pregar em aldeias na africa.

Fonte
Portal TV Vale do Aço - MG
Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Jesus te ama! A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz. Romanos 8:6
Fechar