Aqui tem ofertas tops todos os dias!
AlimentaçãoCidadãoEstudosFamíliasMundoPessoasSaúdeSociedadeSuperinteressanteTimóteoVale do Aço - MG

Arroz branco pode fazer tão mal quanto doces, diz pesquisa

O estudo declara que exagerar no consumo de grãos refinados, aumenta o risco de desenvolver doenças no coração tanto quanto ingerir doces cheios de açúcar e guloseimas ricas em gordura.

O arroz é uma comida muito presente no dia a dia do brasileiro, seja no almoço ou no jantar. Mas, especialistas do American College Of Cardiology, nos Estados Unidos, apontam que o consumo excessivo do alimento pode trazer graves complicações à saúde.

O estudo, divulgado no início de outubro, declara que exagerar no consumo de grãos refinados, a exemplo do arroz branco, aumenta o risco de desenvolver doenças no coração tanto quanto ingerir doces cheios de açúcar e guloseimas ricas em gordura. Os especialistas convocaram, de hospitais do Irã, mais de 2 mil pacientes com doença arterial coronariana prematura que foram submetidos a radiografias do coração.

Por volta de 1,1 mil pessoas sadias foram inseridas na pesquisa como grupo controle, enquanto 1,3 mil pacientes foram diagnosticados com obstruções nas artérias. Todos receberam questionários sobre frequência alimentar. Os especialistas tiveram a conclusão que quem comia grãos refinados tinham maior risco de desenvolver doença arterial coronariana prematura. Por outro lado, o consumo de grãos integrais representou uma redução no risco de desenvolver a enfermidade.

Grãos refinados são decompostos de forma rápida pelo corpo, o que leva a um aumento de glicose no sangue após as refeições. Com o tempo, a glicemia pode danificar os vasos sanguíneos e os nervos que controlam o coração e causar a formação de placas nas paredes das artérias.

Os grãos refinados, quando são passados em farinha ou farelo, inclusive até perdem alguns nutrientes essenciais, apesar de terem a sua vida útil aumentada. Entretanto, grãos integrais não passam pelo processo.

“Os grãos mais refinados em comparação aos integrais são mais desejados por vários motivos. Por exemplo, algumas das questões mais significativas a serem analisadas contém a economia e renda, emprego, educação, cultura, idade e outros motivos parecidos”, explica Mohammad Amin Khajavi Gaskareim, um dos autores da pesquisa. Além disso, por ser uma pesquisa observacional, os especialistas não podem afirmar que um consumo maior de arroz branco pode necessariamente causar algum mal à saúde do coração.

Leia o artigo anterior: Pastores louvam ao ganhar bicicletas, unico transporte para pregar em aldeias na africa.

Fonte
Blog Márcio Antoniassi
Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Jesus te ama! A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz. Romanos 8:6
Fechar